Dicas para criar um StoryBoard

Primeiro, precisamos definir o que é um Storyboard. Eles são organizadores gráficos que geralmente são arranjadas com desenhos e/ou imagens em sequência com o propósito de narrar uma história. Essa história pode ser a de filmes, animações ou gráficos animados. Vários diretores usam o storyboard para “dar forma” àss cenas do filme, mas também é usado por desenhistas e artistas no mundo todo para criar histórias e personagens.

Uma coisa interessante a se observar é: não é preciso saber desenhar para se criar um storyboard! Isso mesmo que você leu. Você pode fazer os seus desenhos com bonecos de palito, porque não?! Eles são muito uteis e cumprem o seu papel dentro de qualquer cena. Claro que se você souber desenhar as coisas ficam melhores, mas não é uma regra. 😉

random-studio-storyboard

#01 – CRIE A HISTÓRIA

Para começar realmente a colocar a mão na massa, você precisa ter sua história planejada (escrita) e bem detalhada. Imagine o local que será ambientada essa história, os personagens principais e secundários, espaços em que os personagens vão viver (em casa, fazenda, cidade…). É muito importante que tudo isso esteja bem definido antes de começar a desenhar. Não esqueça de ter toda a história escrita, caso não esteja pronta, anote o máximo de coisas que conseguir, assim você fará os desenhos de forma mais consciente e precisa.

#01.1 – PERSONAGENS

Os personagens são os elementos mais importantes da sua história, mesmo que não exista (ou você não saiba desenhar) um cenário, os personagens vão estar lá. Por isso, anote todos os pontos fortes e fracos dos seus personagens, suas fraquezas e suas maiores qualidades provavelmente serão apresentadas ao decorrer da história.

Descreva bem a personalidade do personagem – ele é alegre e corajoso ou triste e chato?! Isso é muito importante para as características físicas dele, além de outras coisas que revelam sua personalidade. Imagine que você está descrevendo uma pessoa próxima a você, o sistema é muito parecido, você apenas vai fazer a mesma coisa com um personagem. Descrevendo o máximo de coisas da sua personalidade, fica muito mais fácil construir a sua história.

Não esqueça das características físicas! Não é simplesmente pegar o lápis e ir fazendo a primeira coisa que vier à cabeça. Como você já tem o local e a personalidade do personagem, use isso na hora de construir a sua fisionomia. Idade, sexo, lugar onde vive, o que faz, altura, peso, cor dos olhos e outras coisas são fundamentais na hora de construir o seu traço. Não adianta fazer um personagem forte, feliz e confiante se o desenho representa totalmente o oposto. Por isso, definir todos os detalhes é primordial antes de tudo!

Lembrem-se que o personagem é uma “pessoa”, então, precisamos tratar ele como uma pessoa!

#01.2 – PONTOS FORTES E FRACOS

Para que você estabeleça uma ideia de tempo na história, é importante dividi-la. Por exemplo, um personagem importante morreu. Isso foi um ponto forte da história, e você pode usar ela como fim de uma parte da narrativa. Os pontos fracos são o que acontecem na maioria da história, eles são as coisas simples que acontecem, sem grandes interferências no conteúdo.

Sempre de um início, meio e fim para sua história! Cada parte deve ter pontos fortes e fracos para que a história se torne interessante.

#02 – PROJETE O STORYBOARD

Nessa parte é onde você dividirá onde será feito o storyboard. Ele pode ser feito numa cartolina, folha de papel, Photoshop, Illustrator… São infinitas opções para dar vida à sua história. Com tudo, é necessário que você defina em quantos quadros a história vai se passar. A quantidade de quadros vai depender do tamanho da história.  Defina um tamanho básico para cada quadro, esse padrão deve ser seguido em todos eles. Defina um espaço mediano entre um quadro e outro, assim você pode escrever as falas ou o que se passa em cada parte da história. Mas se a história não houver falas, o espaço pode ser menor. Enumere todos dos quadros para que haja uma organização e um controle sobre toda a narrativa.

É interessante que antes você faça um rascunho de todos os desenhos em uma folha/arquivo aparte. Dessa forma, se você errar algo, poderá corrigi-lo no desenho final. Esse rascunho não precisa ser perfeito, precisa apenas indicar o que será revelado no trabalho principal.

We drew two story panels at random over breakfast ("conflicted love", "impossible jump") and then built a story from those ideas. Also, the artist would like to point out that the line "You're going to do it anyway?" is actually written correctly on the storyboard - it's just that the "'re" got jammed together so that it looks like it might say "your".

#03 – FINALIZE SEU TRABALHO

Assim que tiver identificado os pontos-chave do assunto e tiver feito o desenho de cada quadro, revise seu trabalho e faça as mudanças finais. Esteja certo de que cada célula mostre a ação que você deseja passar. Mexa nas descrições e no diálogo se necessário. É uma boa ideia pedir para outra pessoa revisar seu storyboard para garantir que ele está bem fluído e que não está confuso.

308909570_05f4b97799_b

MATERIAIS NECESSÁRIOS

Os materiais utilizados para fazer um storyboard são os mais básicos, como o papel sulfite A4 ou de outro tamanho, lápis hb, borracha maleável (limpa tipo) e caneta nanquim para finalização. Estes materiais são utilizados por quadrinistas pela sua facilidade e versatilidade.

Caso seja feito no Photoshop ou Illustrator, é interessante o uso de uma Mesa Digitadora.

Podem ser usados outros materiais também, mas fica a critério do desenhista, o que vale é que o resultado saia gratificante. Use sua criatividade e imaginação!

LIVROS SOBRE STORYBOARD

Focal_Press_9780240808055_Storyboards_Motion_In_Art_573574 (1)

O Storyboard: Motion in Art é um livro muito bacana para quem se interessa por essa arte. Com ele é possível aprender as formas de se projetar um bom storyboard. Disponível apenas em inglês.

The ART of th storyboard - A filmmaker's introduction

Art of the Storyboard é outra indicação bacana para quem quer se aprofundar nessa área. Ele apresenta releitura de cenas clássicas por meio do storyboard, além de dicas interessantes. Disponível apenas em inglês.

SOFTWARE

O Toon Boom Storyboard é um programa próprio para criação de storyboards, suas ferramentas permitem automatizar várias tarefas, criar animações e transições entre os quadros. Recomendado uso de tablet.

https://youtu.be/MfH_uKNz1HM

Gostou? Qualquer outra dica que contribua com esse post, deixe aí nos comentários.

2 Comentários Comente →


  1. WilliamTork

    Major thanks for the post.Thanks Again. Will read on…

    Reply
  2. WilliamTork

    A big thank you for your article.Really looking forward to read more. Cool. Thea

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *